JUTI RECEBERÁ RECURSO DA USINA ITAIPU

O ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, assinou na sexta-feira (31), o convênio entre a Itaipu Binacional e o ConiSul (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento do Cone Sul de Mato Grosso do Sul). O documento garante a aquisição de maquinários para conservação do solo da bacia do rio Iguatemi e melhorias na malha viária dos 14 municípios que compõem o consórcio.

“A Itaipu é mais do que uma usina, é o maior projeto estratégico nacional e está a alguns quilômetros do nosso Mato Grosso do Sul”, afirmou o ministro

O destaque é a recuperação do terreno de cerca de 700 pequenas propriedades e a recuperação de 200 quilômetros de estradas da região. “A Itaipu é mais do que uma usina, é o maior projeto estratégico nacional e está a alguns quilômetros do nosso Mato Grosso do Sul”, afirmou o ministro. Ele concluiu sua fala: “o nosso estado tem muito a ganhar com esse convênio. Nosso encontro hoje é um exemplo dessa oportunidade de crescimento para todos os envolvidos”, afirmou.

O documento garante a aquisição de maquinários para conservação do solo da bacia do rio Iguatemi.

A reunião contou com a presença do diretor de coordenação da Itaipu (Newton Kaminski), superintendente da Sudeco (Marcos Derzi), presidente da Câmara de vereadores (Neny), superintendente do DNPM de MS (Alexandre Rezende), além dos prefeitos de todos os municípios do Cone Sul (Amambai, Aral Moreira, Caarapó, Coronel Sapucaia, Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã, Juti, Mundo Novo, Naviraí, Paranhos, Sete Quedas e Tacuru).

Cone Sul: Quatorze municípios de Mato Grosso do Sul integram a chamada Região Turística do Cone Sul, grupo que visa estimular o turismo com incentivos e projetos de fomento ao setor, visto que a região possui atrativos nas áreas rural, náutica e de ecoturismo.